Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Autoajuda’

*

Através de toda a Bíblia, a santificação tem sido um elemento essencial na relação entre Deus e seu povo. Esta qualidade de ser separado do pecado, é uma característica fundamental de Deus, que precisa ser desenvolvida como parte do caráter de seus filhos.

O que vêm à sua mente, quando pensa em santificação? Trabalho árduo na obra de Deus? Experiências sobrenaturais com o Espírito Santo? Compreender com profundidade a Bíblia? Deixar de praticar algumas coisas? Na verdade, santificação nada mais é do que O RESULTADO DA COMUNHÃO ENTRE NÓS E DEUS.

A santificação se inicia quando vamos a Cristo, e se desenvolve à medida que passamos mais e mais tempo com Ele. Quando tentamos alcançar a santidade por nossos próprios esforços, nos tornamos como os “fariseus”, que limitavam seu relacionamento com Deus a rituais de culto e purificação (legalismo). Mas quando dedicamos tempo conhecendo a Deus em oração e meditando em sua Palavra, então seu Espírito age em nós, gera quebrantamento e produz santificação.

É inútil e sempre será muito frustrante qualquer tentativa de mudarmos nosso caráter ou controlarmos nosso temperamento sem o auxílio do Espírito Santo. De nada adianta seguir aquelas famosas receitas de autoajuda do tipo ”10 passos para vencer a ira” ou “7 chaves para derrotar o medo”. Enquanto insistirmos em fazer as coisas do nosso jeito, o máximo que conseguiremos é uma mudança superficial, artificial e temporária. Santificação genuína é um processo que ocorre de dentro para fora.

Isso me fez lembrar um antigo cântico de Josué Rodrigues e Jefferson França Júnior:

Não tenhas sobre ti um só cuidado, qualquer que seja
Pois um, somente um, seria muito para ti
É meu, somente meu todo o trabalho
E o teu trabalho é descansar em mim…

*

A santidade se refletirá em nós à medida que aprendemos a usufruir da liberdade em Cristo: alcançando o verdadeiro equilíbrio em amor: sem legalismo nem licenciosidade: “Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não useis então da liberdade para dar ocasião à carne, mas servi-vos uns aos outros pelo amor.” (Gl 5:13).

Por que é tão importante vencer o pecado, resistir às tentações e buscar a pureza? Porque Deus é santo, e a única maneira de aprofundar o nosso relacionamento de amor com Ele é vivendo uma vida de santidade. Deus não suporta o pecado, toda espécie de iniquidade agride sua natureza. Então para eu me relacionar com Deus preciso ser santo, e para ser santo preciso me relacionar com Deus. Simples assim!  🙂

Quando amamos a Deus, vivemos em função deste amor, motivados por ele, e não precisamos nos esforçar para alcançarmos a santificação, porque esta é produzida em nós pelo próprio Espírito.

Você quer ser santificado? Então invista tempo em seu relacionamento com Deus, entregue-se a Ele por inteiro, e o mais, Ele fará.

*

***

*

 Márcia Cristina Rezende
Bacharel em Educação Religiosa
Marília/SP

*

Permitida reprodução e distribuição sem fins lucrativos
mediante citação da fonte e autoria.

*

*

LEIA TAMBÉM:

*

Read Full Post »