Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Ano Novo’

*

ESTE ANO TUDO VAI DAR CERTO… 

…SE VOCÊ ESTIVER NO LUGAR CERTO

 *

*

Cada novo ano que chega traz consigo o milagre da esperança. Nos atrevemos a sonhar com dias melhores, conquistas, vitórias… Alguns apelam para rituais bizarros, rezam, fazem mandinga, tudo para alimentar a tal esperança de que “este ano, tudo vai ser diferente”.

Mas e se existisse, de fato, alguma coisa que podéssemos fazer para garantir que tudo desse certo? Seria mesmo possível determinar como será o ano que está só começando?

Por incrível que pareça, a resposta é sim, e pode ser encontrada na antiga história do Dilúvio. Não amigos, não se trata de mais um delírio de fé. O Dilúvio nos ensina sim que TUDO pode dar certo, se estivermos no lugar certo. Como uma catástrofe ocorrida há milhares de anos pode nos ajudar de alguma maneira ainda hoje? Leia a mensagem até o final e descubra.

A história do Dilúvio é bem conhecida e está registrada em Gênesis, capítulos 6 e 7. A Bíblia nos diz que a geração de Noé estava repleta de corrupção e violência, trazendo a justiça de Deus por meio do dilúvio, e apenas aqueles que estavam no lugar certo (arca) foram poupados.

Não há dúvidas de que hoje também estamos vivendo “dias de Noé”, cercados por corrupção e a violência, e todas as demais mazelas conseqüentes do pecado. Mas há uma maneira nos manter a salvo de tudo isso, que é permanecermos no lugar certo.

*

1. O LUGAR CERTO É JESUS (A ARCA)

 Deus executou o juízo sobre o pecado, mas antes providenciou um meio para a salvação, através da arca. A arca hoje simboliza proteção, segurança, livramento e salvação (Rm 8:1). Noé e a arca representam a salvação em Cristo, conforme 1 Pe 3:20-21.

Noé era justo (Gn 6:9). Seus filhos foram salvos do dilúvio graças à justiça do pai.  A justificação em Cristo, nos faz parte da família de Deus, e é isso que nos torna aptos para a salvação. É uma questão de identidade e não mérito.

Mas cuidado, talvez você pense que já está dentro desta Arca, quando, na verdade, ainda não está. Certamente alguns conterrâneos de Noé ouviram falar da vinda do dilúvio, e pensaram: “eu tenho a minha casa e, caso venha a chuva, eu estarei seguro dentro dela”. Mas note que, na época do dilúvio, havia uma só arca e na arca havia uma só porta (Gn 6:16), e todos que estavam fora dela pereceram (Mt 24:37-39).

Hoje muitos estão dentro da igreja, já foram batizados, mas vivem uma vida espiritual medíocre, como se sempre faltasse alguma coisa. Entra ano e sai ano, mas nada muda, tudo permanece sempre no mesmo nível espiritual. Mateus 7:21 diz que o Reino não é daqueles que professam sua fé apenas com os lábios, mas dos que praticam a vontade de Deus. A Arca não é religião, não é a prática de boas obras, não é assistir cultos, não é trabalhar num ministério, mas estar EM Jesus. Apenas aqueles que recebem a Palavra de Deus e permitem que ela crie raízes e dê frutos serão salvos (Mt 24:13).

*

2. ESTAR NO LUGAR CERTO EXIGE ALGUNS “SACRIFÍCIOS” 

É verdade que não existe esperança para quem está fora da arca, mas os que estavam dentro da arca não foram isentos de dificuldades. Vamos pensar em algumas.

Inimizade do mundo. Imagine o que Noé e sua família ouviram dos vizinhos e parentes enquanto a arca estava sendo construída. E, pra piorar, eles entraram na arca, mas durante 7 dias ainda não choveu (v.10). O que Sem teve que ouvir de sua sogra sobre a decisão de entrar com a filha dela naquela arca? Qual teria sido a atitude de Matusalém diante do aviso do Dilúvio? Matusalém (avô de Noé), o homem que mais viveu em todos os tempos, morreu no ano do dilúvio. Seria coincidência ou conseqüência da catástrofe? Certamente eles foram obrigados a suportar atitudes de ridicularização, humilhação e zombaria. Estar em Jesus também implica muitas vezes em ter que suportar incompreensão e ataques por parte daqueles que estão do lado de fora da Arca – João 15:19.

Separação do mundo. Entrar na arca exigiu que eles abandonassem por completo suas atividades, trabalho, lazer. Noé e sua família precisaram renunciar à vida que tinham para que pudessem continuar vivos. Jesus nos convida também a abandonar tudo para segui-lo (Lc 9:23). Esse abandonar significa colocar tudo em segundo plano. Significa também abandonar a vida de pecado em busca de uma vida de santificação. Algumas vezes, isso pode exigir uma atitude radical, como terminar um namoro ou mudar de emprego (Mt 5:29-30), mas as coisas só darão certo se aprendermos a fazer as prioridades corretas.

Perda do controle. A arca não possuía leme, vela nem bússola. Noé e sua família entraram na arca sem saber quando sairiam dela, nem para onde ela os levaria. Estar em Cristo significa confiar Nele – Salmos 37:5. Muitas vezes nós tomamos a iniciativa, fazemos nossos planos e projetos e só depois pedimos para Deus abençoar. Mas é preciso nos lembrar que é Deus quem está na direção. É Ele quem vai fazer os planos e projetos. Estamos dentro da arca, Ele é o chefe. Estamos aqui para cumprir a vontade Dele.

*

3. ESTAR NO LUGAR CERTO É GARANTIA DE VITÓRIA

Pare e pense: quem estava na arca estava preso ou estava livre? E quem estava fora dela? Estar solto no mundo pode criar a ilusão de que está em liberdade enquanto quem está em Cristo (na Arca) está preso. Entretanto, um olhar mais apurado vai concluir sem dificuldades de que a verdadeira liberdade, aquela que nos livra da morte, pode ser encontrada só em Jesus.

A vida dentro da arca é uma vida diferente. Viver com Jesus é estar no mundo, mas ao mesmo tempo, estar fora dele.

Se todas as nossas atitudes estiverem sob o senhorio de Cristo (dentro da cobertura da Arca), tudo estará sob sua bênção e proteção.

Para quem está dentro da arca, tudo está sob a direção divina. Não dava pra Noé orar dentro da arca e ir almoçar fora dela, por exemplo. Da mesma forma, para quem está em Cristo, ir à igreja é um ato espiritual, da mesma forma que comer uma pizza depois do culto também o é. Falar de Jesus é um ato espiritual, assim como conversar com os colegas durante um jogo de futebol também o é. O namoro, o trabalho, o relacionamento conjugal, a vida em família, os negócios, as compras, a dieta, tudo o que somos e fazemos é para o Senhor.

Noé e sua família creram (obedeceram) e foram salvos – Hb 11:7.

8

CONCLUSÃO 

Não sabemos o que vai acontecer em 2011. Com certeza nossa arca será atacada pelas ondas, pelas opiniões de pessoas, enfrentaremos tempestades, teremos que renunciar a algumas coisas das quais gostamos e perderemos o controle sobre a nossa própria vida… Mas, no fim, se estivermos EM CRISTO, tudo vai dar certo. Deus está no comando e Ele sabe o que faz. 

Deus quer fazer uma aliança com você nesta hora, assim como Ele fez com Noé.

Acima de qualquer projeto que você já fez ou vai fazer para este novo ano, decida em primeiro lugar permanecer no lugar certo. Afinal, tudo vai dar certo se você estiver no lugar certo. E este lugar é JESUS.

*

*

Márcia Cristina C. Rezende
Bacharel em Teologia e Educação Religiosa
3ª Igreja Batista de Marília
 *
Permitida reprodução, sem fins lucrativos,
desde que citada a autoria e fonte.

 

 *

LEIA TAMBÉM:

*

Read Full Post »

Happy New Year

*

Não é raro os evangélicos olharem com desdém aos supersticiosos que confiam em objetos e comidas para trazer sorte no Ano Novo. Entretanto, muitas vezes fazemos exatamente a mesma coisa, e sem perceber, nos deixamos iludir por outros poderes, e buscarmos a solução dos nossos problemas em outras fontes.

Daí, substituímos o tempo de oração e leitura da Palavra por coisas mais “práticas” e objetivas. Ao invés de buscarmos uma direção diretamente com o Espírito de Deus, achamos mais fácil se aconselhar com o pastor, buscar uma palavra profética com algum “vidente” poderoso, assistir ao DVD de um bispo conhecido, ler livros de auto-ajuda dos grandes gurus do mundo gospel, e assim por diante.

Não sou contra buscar orientação com nossos líderes espirituais, que conhecemos e em quem confiamos. Isso inclusive é uma prática bíblica e bastante aconselhável. A própria Bíblia diz que “Quando não há conselhos os planos se dispersam, mas havendo muitos conselheiros eles se firmam” (Pv 15:22). O problema é quando depositamos toda a nossa confiança em conselheiros humanos, e nos esquecemos do nosso principal Conselheiro, que é Cristo.

Deus está nos chamando para nos voltarmos para Ele. Cantamos alegremente: “Reina em mim com o teu poder, sobre os sonhos meus, sobre o meu pensar, tudo o que eu falar, vem reinar em mim, Senhor”, e é tempo de colocarmos isso em prática no nosso dia-a-dia. Buscar o Senhor e seu Reino em primeiro lugar, e não apenas quando todos os demais recursos tiverem se esgotado.

Tenho pensado muito sobre isso, e procurado não me perder em meio a tantos discursos, pensamentos, doutrinas e estratégias no meio evangélico. Simplicidade e essência têm sido o alvo da minha vida cristã. E, nessa questão, Deus sempre me leva a meditar em três atitudes fundamentais que precisamos exercitar na nossa vida.  Talvez as três atitudes em que se resume a vida cristã. São elas: a fé, a esperança e o amor.

A Palavra de Deus, quando se refere à diversidade dos dons e ministérios na Igreja, enfatiza: “Assim, permanecem agora estes três: a fé, a esperança e o amor. O maior deles, porém, é o amor.” (1 Co 13:13). Entendo neste texto que, mediante tudo que somos e fazemos como cristãos, o importante é guardar a fé, a esperança e o amor.

*

– Tudo começa na fé! Quando uma pessoa aceita Jesus na sua vida, ele nasce de novo, graças à fé. Sem fé, é impossível agradar a Deus. A verdadeira fé se confessa com a boca, com o coração (Rm 10:9-10), e é acompanhada de obras (Tg 2:14-26). Que obras são essas? Atitudes que refletem a sua fé. Por exemplo: se você diz que crê que Deus ouve orações, mas não ora, então você não tem fé. Se você diz que crê que a Bíblia é a Palavra de Deus mas não lê a Bíblia, então você não tem fé. Se você diz que crê que confia em Deus mas não obedece seus mandamentos, então você não tem fé. Jesus é o autor na nossa fé, que vem pelo ouvir a Palavra de Deus.

*

ESPERANÇA – A esperança provém da fé (Gl 5:5) mas, ao contrário da fé, na esperança não há certeza. Não temos apenas “esperança de irmos para o Céu”, temos certeza, pois confiamos nas promessas de Jesus. Então, qual a importância da esperança? Porque é ela quem nos dá força para não desistirmos, alimenta a nossa alegria e nos ajuda a enfrentar as dificuldades. Aliás, Deus nos diz que são as tribulações que produzem em nós a esperança. Veja o que está escrito em Romanos 5:3 e 4 “…sabemos que a tribulação produz perseverança; a perseverança um caráter aprovado; e o caráter aprovado, esperança”. Todos nós desejamos um ano abençoado, próspero, feliz, com muita harmonia, dinheiro no bolso, saúde pra dar e vender, etc… Mas Deus, em sua misericórdia, permitirá que tenhamos tribulações, mas para cada problema Ele dará também o escape, a força, a solução.

*

AMOR – O amor é a essência de tudo. Nele se resume todos os mandamentos: “amar a Deus sobre todas as coisas, e ao próximo como a si mesmo”. A fé e a esperança operam pelo amor (Gl 5:6 e Rm 5:5). Deus nos desafia a amarmos não a bens, a nossa casa, a nossa profissão ou qualquer outra coisa do gênero. Deus nos convida a amá-lo e também a amar todas as pessoas. O amor é a marca do discípulo. Não é conhecimento, não é roupa, não é vocabulário, mas o amor.

*

Meu desejo para todos nós no ano que está por vir e também para todos os demais até a volta de Jesus Cristo, é que não percamos o foco. Que não nos deixemos confundir pelo avanço da ciência, da tecnologia e do humanismo. Mas, como os cristãos da igreja de Tessalônica no primeiro século, nos concentremos em manter a fé, a esperança e o amor. Simples assim 🙂 !

*

“Paulo, Silvano e Timóteo, à igreja dos tessalonicenses… Sempre damos graças a Deus por todos vocês, mencionando-os em nossas orações. Lembramos continuamente, diante de nosso Deus e Pai, o que vocês têm demonstrado: o trabalho que resulta da fé, o esforço motivado pelo amor e a perseverança proveniente da esperança em nosso Senhor Jesus Cristo.”   1 Ts 1:1-3

*

* * *

Márcia Cristina Rezende
Bacharel em Teologia e Educação Religiosa
Marília/SP
 
Permitida reprodução e distribuição sem fins lucrativos
mediante citação da fonte e autoria.

*

*

LEIA TAMBÉM:

*

Read Full Post »

carlos-drummond-de-andrade-a-rosa-do-povo-2Que delícia!!! Estamos prestes a comemorar a chegada de mais um ano…

Compartilho com vocês este texto do grande escritor e poeta Carlos Drummond de Andrade, que acho maravilhoso e que expressa lindamente o sentimento que nos invade nesta época! Sabendo, perfeitamente, quem foi o tal “indivíduo genial” que criou o mundo e o tempo, não é mesmo?

*

*

Quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias, a que se deu o nome de ano, foi um indivíduo genial. Industrializou a esperança, fazendo-a chegar ao limite da exaustão. Doze meses dá para qualquer ser humano cansar e entregar os pontos. Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez, com outro número e outra vontade de acreditar que daqui pra diante será diferente.

 

 

 

 

LEIA TAMBÉM:

*

Read Full Post »

 

Adeus Ano Velho. Feliz Ano Novo! Que tudo se realize no ano que vai nascer. Muito dinheiro no bolso, saúde pra dar e vender…

Os últimos dias de cada ano têm o poder quase mágico de renovar nossas esperanças e fazer com que o nosso coração se encha de expectativas de dias melhores.

Na tentativa de dar uma mãozinha para a sorte, vale tudo: romã, lentilha, arruda, roupa com cores específicas, pulinhos na praia, banho de ervas… simpatias e rituais com supostos poderes de transformar o futuro, multiplicar salários, garantir saúde e proporcionar um grande amor.

Seja qual for a “mandinga”, dizem que o importante é fazer com fé.

Entretanto, diferentemente do que muitos pensam, a principal questão não é se você tem fé, mas sim, em quê (ou em quem) está a sua fé.

*

Conta-se a história de um homem que acordou de madrugada com uma terrível dor de estômago. Drogado pelo sono, ele se levanta a procura de um remédio. Na escuridão do armário da cozinha, sua mão encontra um frasco e ele bebe uma grande quantidade do líquido aliviador. Ao colocar o frasco de volta no armário, ele faz uma descoberta surpreendente – o que ele achava ser remédio era, de fato, um frasco de produto de limpeza! Desesperado, ele liga para a farmâcia 24 horas e explica toda a situação. “Não sou burro, eu realmente acreditei que estava bebendo um remédio. O que é que eu faço?”  “Deixe eu entender,” diz o farmacêutico. “Você achava que estava bebendo o remédio?” “Sim,” o homem explica novamente, “realmente achei que era o frasco do remédio.” “Então, tudo bem,” responde o farmacêutico. “Tudo bem?” o homem diz, chocado. ”Não vou passal mal por ter bebido produto de limpeza?” “Não, nada disso, se você realmente acreditou, de coração, que estava fazendo a coisa certa, então vai ficar ótimo.”

*

Ninguém respeitaria o conselho deste farmacêutico. Porém, há muitos que cometem este mesmo erro nas suas vidas espirituais. Movidos pela necessidade, engolem qualquer coisa que vem à mão. Muitos, acreditando ter achado o remédio certo, até se sentem melhor. E, ao se aconselhar com outras pessoas, ouvem: “somente tenha fé com todo o seu coração, e tudo dará certo.”

Mas, para tudo dar certo, precisamos mais do que ter muita fé! Só Deus tem poder para nos livrar do mal, e Ele não precisa (nem se agrada) de subterfúgios para proteger e abençoar seus filhos.

Nem todos os caminhos levam a Deus. Ao invés de perder tempo e dinheiro buscando a sorte em lugares errados, vá direto à fonte e fale com Deus.

Está escrito na Bíblia: “Teus, ó Senhor, são a grandeza, o poder, a glória, a majestade e o esplendor, pois tudo o que há nos céus e na terra é teu. Teu, ó Senhor, é o reino; tu estás acima de tudo. A riqueza e a honra vêm de ti; tu dominas sobre todas as coisas. Nas tuas mãos estão a força e o poder para exaltar e dar força a todos.” (2 Crônicas 29:11-12)

Não se engane: lentilhas e pipocas são boas para a culinária, mas não têm poder para mudar seu futuro. “Entregue o seu caminho ao Senhor, confie Nele e o mais, Ele fará.” Simples assim 🙂 !

*

_________________________

*

Márcia Cristina Rezende
Bacharel em Teologia e Educação Religiosa
Marília/SP
 
Permitida reprodução e distribuição sem fins lucrativos
mediante citação da fonte e autoria.

0

*

 

LEIA TAMBÉM:

*

Read Full Post »