Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 11 de março de 2010

Afinal, para quem são as músicas que cantamos em nossas igrejas?


  Mais que vencedor EU sou…

♪  EU te busco…

  Sobre a tempestade EU voarei…

  EU vou subir a montanha…

  Dá-ME filhos…

  Chove aqui na MINHA vida…

♪  EU vou saltar as muralhas…

  Uma nova história Deus tem pra MIM

  Faz um milagre em MIM

  EU tenho uma palavra…

  Cura-ME, abraça-ME

  Onde eu puser a planta dos MEUS pés, possuirei…

  Bendito EU serei…

  EU tenho uma palavra… 

  Hoje o MEU milagre vai chegar…

  EU tenho sede… 

  Prepara-ME uma mesa na presença dos MEUS inimigos…

  EU vou viver uma virada em minha vida, EU creio…

  EU serei pai de multidões…

  EU vou dançar na chuva…

  EU não posso te deixar…

  Ainda bem que EU vou morar no céu…

♪  EU estou desesperado…

♪  Abre o mar pra MIM

♪  EU sou livre…

♪  EU não vou desistir, cavarei um pouco mais…

♪  EU, EU, EU…. EU quero….

♪  Olha pra MIM

  EU …

  EU …

  EU …

*

Repetidas vezes temos ido aos cultos não para cultuar (prestar um culto de adoração) a Deus, mas principalmente para buscar algo que supra as NOSSAS necessidades e desejos. Nossa tendência é nos esquecer de que fomos criados para adorá-lo, independente do que somos, do que precisamos, ou do que queremos. Como igreja, devemos nos reunir em primeiro lugar para reconhecer quão grande é o Senhor, louvá-lo, expressar nossa adoração com músicas e palavras, ou seja, o foco é ELE “porque Dele, por Ele e para Ele são todas as coisas”.

Facilmente nos envolvemos pelo sistema humanista que reina em nossa geração e fazemos do culto um momento onde nós estamos no centro, e invocamos a presença de Deus para que Ele nos sirva e satisfaça nossas expectativas.

Que nossos cultos, nossas músicas, e nossas orações sejam, primeiramente e principalmente, em adoração ao nosso Deus.

*

“NÃO A NÓS, SENHOR, NÃO A NÓS, MAS AO TEU NOME DÁ GLÓRIA!”    Salmos 115:1

__________________________

Márcia Cristina Rezende
Bacharel em Educação Religiosa
Marília/SP
Permitida reprodução e distribuição sem fins lucrativos
mediante citação da fonte e autoria.

LEIA TAMBÉM:

Antigamente

Descaminhos

O arbusto e a árvore

_____________________________

Read Full Post »